Natação terá 'categoria aberta' para atletas transgêneros
Reprodução/Marcus Ng/Unsplash
Natação terá 'categoria aberta' para atletas transgêneros

A natação pretende se tornar o primeiro esporte a criar uma "categoria aberta" onde atletas transgêneros podem competir , anunciou neste domingo Husain Al-Musallam, presidente da Federação Internacional (Fina). A declaração foi dada em Budapeste, na Hungria, durante o Congresso Geral Extraordinário da Fina 2022.

"A Fina sempre receberá todos os atletas. A criação de uma categoria aberta significará que todos terão a oportunidade de competir em nível de elite. Isso não foi feito antes, então a Fina precisará liderar o caminho. Quero que todos os atletas se sintam incluídos em poder desenvolver ideias durante esse processo", disse Al-Musallam, ao site da entidade.

A criação desta categoria foi aprovada por 71,5% das pessoas aptas a votar. Segundo a federação, a proposta foi colocada em votação após discussões feitas em um grupo de trabalho criado em novembro de 2021.

A entidade também informou que vai criar um novo grupo de trabalho que passará os próximos seis meses analisando as formas mais eficazes de configurar essa nova categoria.

"Temos que proteger os direitos de nossos atletas de competir, mas também temos que proteger a justiça competitiva em nossos eventos, especialmente a categoria feminina nas competições da Fina", disse Al-Musallam.

Agora você pode acompanhar o iG Queer também no Telegram!  Clique aqui para entrar no grupo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários