Saiba como as composições escuras e coloridas podem ficar ainda mais realçadas
kinkate/Pexels
Saiba como as composições escuras e coloridas podem ficar ainda mais realçadas


As cores e os tons corretos podem ser um dos maiores pesadelos no momento de se maquiar, especialmente no caso de pessoas que ainda não possuem muita familiaridade com esta prática, como o público masculino cis, por exemplo. Para os que estão começando essa aventura, ter em mente alguns aspectos básicos tanto de maquiagens noturnas quanto de maquiagens coloridas – composições geralmente mais complexas – pode ser de grande ajuda.

Tanto a base da pele quanto a marcação dos olhos com sombras, lápis, rímel e delineador são elementos que merecem atenção específica de acordo com a demanda e preferência de cada um. Agustin Fernandez destaca que, apesar do preto ser uma cor muito marcante e tradicional nas maquiagens escuras para noite, outros tons podem ser explorados e conseguem garantir o mesmo efeito. 

“Ela [a maquiagem] tem a tendência de ser mais escura, já que a luminosidade dos ambientes diminui, então ela tem um brilho e tons mais escuros para que seja percebida. Além do preto, que é o essencial e mais usado, temos tons de ocre e tons terrosos escuros, como o marrom e nuances, como marrom acinzentado, marrom puxando para o chocolate, etc. Ultimamente estão usando muita sombra cintilante em tons de lilás e azul combinados com prata e tons de pérola”, conta. 

Para essas composições noturnas, além da sombra existem outros artifícios que podem realçar ainda mais o resultado, como o blush, por exemplo. Os tons rosados são os mais utilizados, especialmente no dia a dia, mas o maquiador Antônio Henrique Fernandes pontua que, além desses tons, alguns outros também podem ser incorporados para variar a composição. 

“Tons rosados favorecem a maquiagem noturna, pois evidenciam a maçã do rosto, assim como o tom malva, que dá proeminência na maçã do rosto e realça o ponto que foi aplicado. Já os tons mais corais e amarronzados definem as maçãs com um aspecto bronzeante. Portanto, se a proposta da make é dar esse ar ‘praiano’ (queimadinho de sol) esses são os tons mais indicados”, explica. 

Há outros elementos muito usados também, como lápis de olho , delineador , iluminador e rímel. Antônio chama a atenção para o cuidado que as pessoas precisam ter com esses produtos porque eles devem ser aplicados da maneira correta justamente para que consigam funcionar como aliados no resultado final da maquiagem. 

“Esses produtos podem ser uma ferramenta poderosíssima, porém, devem ser usados de maneira adequada e com muita cautela. Lápis de olho cremosos pigmentam com mais facilidade, mas devemos selá-lo com um pó matificante ou translúcido. Delineado na linha dos cílios superior faz com que eles se preencham, dando a sensação de um volume maior. O acabamento com a máscara de cílios podem encorpar os fios, deixando-os ainda mais definidos”, instrui.

Leia Também

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Quanto à funcionalidade, Agustin pontua as funções e efeitos principais do lápis, para que possa satisfazer as necessidades e preferências de cada um. “O lápis de olho é muito usado para contornar os olhos e aumentar ou diminuir o tamanho deles. Ao passá-lo por dentro e por fora, ele dá o efeito de aumentar, quando se passa por fora, no contorno, também, e quando passa por dentro, diminui o tamanho dos olhos”, ensina. O iluminador, por sua vez, tem, entre outras funções, rejuvenescer a pele, de acordo com o maquiador. 

“Ele [o iluminador] tem um efeito mais glow que rejuvenesce a pele. Uma pele iluminada é sempre mais jovem, enquanto uma fosca tem características mais envelhecidas. O iluminador também realça as fotos com flash tiradas à noite, dando um ar mais sexy e sofisticado”, esclarece.

Antônio pontua ainda que para os homens que estão começando a adquirir o hábito de se maquiar, começar com cores mais leves e neutras pode ajudar bastante a ganhar confiança aos poucos para posteriormente investir em propostas mais complexas.

“Apostar em maquiagens com cores mais discretas (preto, marrom e azul escuro) quando a composição for olhos. Uma pele bem bronzeada será a tendência agora na primavera/verão, sem contar que é superchique nessa época do ano. Então, para os lábios, apostem nos tons nude, a Vult tem duas cores de batom super-recomendado nessa ocasião: matte 02 e matte 03. Finalize com um gloss para iluminar os lábios”, aconselha ele. 

Se jogue nas cores

O mais importante e se sentir à vontade com as cores
RODNAE/Pexels
O mais importante e se sentir à vontade com as cores

Além das composições escuras mais voltadas para a noite, existem também diversas possibilidades coloridas para incorporar no cotidiano. Os lápis e delineadores coloridos, por exemplo, são excelentes opções que tem alta funcionalidade e podem se adaptar às preferências de cada um, além de poderem ser combinados com sombras. Agustin explica um pouco mais sobre isso. 

“Os lápis e delineadores coloridos foram, durante muito tempo, combinados com sombras neutras, então você poderia fazer uma maquiagem com pálpebra móvel marrom sem brilho e passar um lápis de olho em tom azul na linha d’água, por exemplo. Hoje o pessoal está utilizando a pele maquiada apenas com base e pó, para dar maior destaque e ficar com aspecto mais moderno”, indica. 

Ainda sobre a composição de pele para maquiagem do dia a dia com cor, Agustin descreve o passo a passo mais recomendado que pode gerar resultados mais eficazes. “O ideal é fazer uma pele neutra, ou seja, base, corretivo e pó, sem muito contorno, e realçar os olhos com máscara de cílios, delineador ou lápis colorido. Está super em alta, além de ficar lindo e natural”, ensina. É comum, aliás, que muitas pessoas tenham dúvidas quanto à paleta de cores que mais casa com cada tom de pele, mas Agustin pontua que essa é uma concepção que tem caído em desuso aos poucos. 

“Durante muito tempo falou-se muito sobre ‘as cores que combinam com tal tipo de pele’, mas hoje vivemos uma fase de libertação que faz com que o mais importante ao usar maquiagem não seja o tom ou sobre tom da pele, e sim a personalidade. Se a pessoa tem uma personalidade mais ousada, que gosta de ser notada, ela tem que se sentir confortável com as cores que usa, e o mesmo se aplica a pessoas mais discretas”, conclui.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários