Rodrigo Sant'Anna e Junior Figueiredo são casados e assinam juntos um curso de roteiros voltado para pessoas de baixa renda
Divulgação
Rodrigo Sant'Anna e Junior Figueiredo são casados e assinam juntos um curso de roteiros voltado para pessoas de baixa renda

Foram abertas as inscrições para um curso de roteiro para comédia do Clube do Pensamento, plataforma de ensino que tem como objetivo possibilitar o primeiro acesso de um saber técnico e artístico para integração de minorias no mercado do audiovisual brasileiro. Criada pelo roteirista Junior Figueiredo e desenvolvida junto ao ator Rodrigo Sant’Anna, a iniciativa é feita em parceria com a Netflix de modo gratuito e virtual. 

O foco é capacitar profissionais de baixa renda negros, da terceira idade, pessoas com deficiência e LGBTQIAP+ de quaisquer regiões do país. As aulas são ministradas por Junior Figueiredo e Rodrigo Sant’Anna. “Minha motivação para criar o Clube do Pensamento está diretamente ligada à minha própria história de vida. Vim de uma realidade onde trabalhar com arte era uma abstração. A meritocracia ostenta uma fama traiçoeira. A ideia de que se pode chegar ao topo com talento e perseverança legitima as desigualdades, nos fazendo crer que a culpa é sempre nossa, que não tentei o suficiente, não fiz por onde, não sou de fato bom no que faço”, alega Figueiredo. 

Já o ator Rodrigo Sant’Anna ressalta a importância deste tipo de iniciativa para as minorias periféricas poderem contar sobre as próprias realidades e conseguirem marcar presença. “Este projeto é uma maneira de tornar o mercado mais plural. Se temos mais pretos contando histórias, mais histórias de pretos serão produzidas, e o mesmo se dá para todos os outros grupos historicamente excluídos. Já passou da hora de dar espaço para que esses grupos contarem suas histórias. Eu, que sou preto, gay e favelado, sou a exceção. Mas, com o Clube do Pensamento, quero que essas histórias e vozes se tornem regra”.

Período de inscrição: 18 a 27 de março de 2022
Formato: Virtual e gratuito.
Quem pode se inscrever: Pessoas de baixa renda que são negras, terceira idade, moradores de comunidades, PCDs e LGBTQIA+ de todo o Brasil.

Inscreva-se aqui.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários