Paulo Gustavo foi uma das personalidades LGBTQIA+ que morreram em 2021.
Reprodução
Paulo Gustavo foi uma das personalidades LGBTQIA+ que morreram em 2021.

O ano de 2021 não foi positivo para a cultura brasileira, que perdeu grandes nomes como Paulo Gustavo, que foi uma das mais de 600 mil vítimas da Covid-19, pandemia que assolou o país. Além dele, a comunidade LGBTQIA+ também perdeu um pouco de sua representatividade com a morte de grande nomes como o ator Sérgio Mamberti, o novelista Gilberto Braga, jornalista Arthur Xexéu, o bailarino Ismael Ivo, entre outros.

Na lista das mortes mais chocantes entre os LGBTs da cultura brasileira, também está o influencer Daniel Carvalho, criador do personagem Katylene, grande sucesso dos anos 2010. Ele morreu após uma parada cardiorrespiratória em um hospital no Rio de Janeiro, onde morava atualmente.

Veja a lista de outras celebridades queer que morreram este ano: 

Paulo Gustavo

Paulo Gustavo faleceu de Covid em maio, aos 42 anos.
Reprodução
Paulo Gustavo faleceu de Covid em maio, aos 42 anos.


Em maio de 2021, o Brasil se comoveu com a morte precoce de Paulo Gustavo , ator abertamente gay e que era um forte militante da comunidade LGBTQIA+. O humorista faleceu devido às complicações da Covid, após ficar internado por cerca de 50 dias. Uma das figuras mais populares da TV brasileira dos últimos anos, Paulo Gustavo ganhou notoriedade principalmente por conta de seu papel como Dona Hermínia em “Minha Mãe É Uma Peça”, lançado em 2013.

O humorista era casado com o médico Thales Bretas desde 2015 e teve dois filhos com ele, Romeu e Gael. O ator iniciou a carreira em 2004, na peça teatral “O Surto", que escreveu em parceria com Fernando Caruso. Antes de se tornar uma produção cinematográfica, “Minha Mãe É Uma Peça” fez sucesso nos palcos, ficando em cartaz de 2006 a 2021.

Sérgio Mamberti

Sérgio Mamberti morreu em setembro em decorrência de uma infecção pulmonar.
Reprodução
Sérgio Mamberti morreu em setembro em decorrência de uma infecção pulmonar.


Sérgio Mamberti faleceu em setembro , devido a uma infecção pulmonar, com 82 anos. Ele havia assumido sua bissexualidade há menos de um ano. Durante a vida, casou-se com Vivien Mahr, em 1964, união que perdurou até a morte da mulher em 1980. Juntos, tiveram três filhos: Duda, Carlos e Fabrízio.

Ele também foi casado durante 37 anos com Ednardo Torquato, com quem adotou uma filha, Daniele. Sérgio ficou viúvo pela segunda vez com a morte de Ednardo, em 2019. 

Gilberto Braga

Gilberto Braga faleceu em setembro, por complicações do Mal de Alzheimer.
Reprodução
Gilberto Braga faleceu em setembro, por complicações do Mal de Alzheimer.


Gilberto Braga morreu aos 75 anos em outubro , vítima de complicações do Mal de Alzheimer. Após quase 50 anos de relacionamento com Edgar Moura Brasil, oficializou a união com o decorador em 2014, em uma cerimônia no Rio de Janeiro. Ao longo de suas novelas, escreveu personagens gays e lésbicas fora dos estereótipos.

Leia Também

(Continue a leitura logo abaixo)

O autor, inclusive, escreveu o primeiro personagem gay de uma novela brasileira. Inácio Newman, interpretado por Dennis Carvalho, surgiu em “Brilhante” (1981), mas por conta da censura que ocorria na época, ele não era completamente assumido na trama. 

Artur Xexéo

Artur Xexéo foi vítima de um linfoma aos 69 anos.
Reprodução
Artur Xexéo foi vítima de um linfoma aos 69 anos.


O jornalista Artur Xexéo morreu em junho , vitimado por um linfoma aos 69 anos. Ele foi comentarista do "Estúdio I", da Globonews, e colunista do jornal "O Globo". Além disso, realizou trabalhos na dramaturgia: escreveu, traduziu e adaptou espetáculos teatrais, como "Nós sempre teremos Paris", "Cartola - o mundo é um moinho" e a "A Cor Púrpura".

Ismael Ivo

Ismael Ivo faleceu em abril, também vitimado pela Covid.
Reprodução
Ismael Ivo faleceu em abril, também vitimado pela Covid.


Dançarino e coreógrafo brasileiro, Ismael Ivo faleceu de Covid em abril, com 66 anos. Natural da Zona Leste de São Paulo, o artista teve uma infância humilde e logo cedo se interessou pela dança. Em 1984, fundou em Viena o ImPulsTanz, considerado um dos maiores festivais de dança da Europa. Foi o primeiro negro a dirigir o Teatro Nacional Alemão e o Balé da Cidade de São Paulo.

Nelson Freire

Nelson Freire faleceu em novembro após sofrer uma queda, aos 77 anos.
Reprodução
Nelson Freire faleceu em novembro após sofrer uma queda, aos 77 anos.


Nelson Freire morreu aos 77 anos em novembro , por conta de uma queda que sofreu em sua casa. Considerado um dos maiores pianistas do Brasil, ele já se apresentou em concertos na Europa, América do Norte, América Central, América do Sul e Ásia. 

Richard Buckley

Richard Buckley morreu de causas naturais aos 72 anos, em setembro.
Reprodução
Richard Buckley morreu de causas naturais aos 72 anos, em setembro.


Richard Buckley foi um jornalista de moda norte-americano, faleceu de causas naturais aos 72 anos. Casado há 35 anos com o estilista Tom Ford, ele escreveu para veículos jornalísticos como New York Magazine, Women's Wear Daily, Vanity Fair, Mirabella e Vogue Hommes International.

Sophie

A cantora Sophie morreu aos 34 anos em janeiro, a causa da morte não foi revelada.
Reprodução
A cantora Sophie morreu aos 34 anos em janeiro, a causa da morte não foi revelada.


A cantora e compositora escocesa faleceu em janeiro aos 34 anos, mas a causa da morte não foi divulgada. Referência na música pop, realizou parcerias com nomes como Madonna, Lady Gaga, Charli XCX e Camila Cabello. Em 2018, entrou para a história como a primeira pessoa trans a ser indicada ao Grammy. 

Daniel Carvalho

Daniel Carvalho faleceu devido a uma parada cardiorespiratória aos 32 anos.
Reprodução
Daniel Carvalho faleceu devido a uma parada cardiorespiratória aos 32 anos.


Criador da personagem Katylene, o influenciador Daniel Carvalho faleceu em janeiro de uma parada cardiorrespiratória , com apenas 32 anos. Ele ficou conhecido após produzir o blog Katylene, que por meio de gírias LGBTQ+ e “grafia de travestchy”, compartilhava notícias de celebridades e subcelebridades. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários