MPF investiga Censo 2022
Lukas/Pexels
MPF investiga Censo 2022

Após confirmar a apuração sobre se o Censo Demográfico 2022 estava excluindo propositalmente a população LGBTQIA+ , o Ministério Público Federal do Acre (MPF) confirmou que vai entrar com inquérito para investigar irregularidades. Entre as 26 perguntas planejadas para o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nenhuma aponta informações sobre identidade de gênero e orientação sexual.

Em novembro, o MPF acatou um alerta feito pelo Centro de Atendimento à Vítima (CAV) do estado. Segundo Lucas Costa Almeida Dias, procurador responsável pelo caso, o inquérito deve apurar se existem irregularidades no Censo, já que não existem perguntas para identificar a comunidade.

De acordo com as atuais perguntas, o censo "irá excluir importante parte da população brasileira do retrato real que deve ser demonstrado pelo Censo", segundo justificativa do MPF. A falta de quantificação de pessoas e temas relacionados à comunidade pode dificultar a realização de políticas públicas em todo território nacional.

Atualmente, não existe um censo oficial que calcule a quantidade de pessoas LGBTQIA+ no Brasil. As apurações são realizadas apenas em caráter pontual em alguns estados. É o caso da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista Unesp, que apontou que  2% da população brasileira é trans em um estudo divulgado em novembro.

Quando o MPF determinou que faria uma apuração sobre o caso, o IBGE divulgou uma nota em que afirma que a pesquisa sobre orientação sexual e identidade de gênero é “sensível” e "considerada invasiva".

"O IBGE esclarece que o questionário do Censo demográfico foi finalizado em 2019 e seu conteúdo foi amplamente divulgado pela mídia, na ocasião. Dele nunca constaram perguntas sobre a orientação sexual ou o gênero dos moradores. Em novembro de 2020, o questionário do Censo recebeu a adição de apenas uma única pergunta, sobre a existência de morador com diagnóstico de autismo no domicílio. Desde então, não foram feitas quaisquer modificações no conteúdo do questionário do Censo 2022", apontou na época.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários