Milene Pereira de Sousa, de 24 anos, terá de passar por cirurgia no joelho após agressões
REPRODUÇÃO/G1
Milene Pereira de Sousa, de 24 anos, terá de passar por cirurgia no joelho após agressões

Na última semana, uma mulher lésbica de 24 anos foi agredida por um homem ao tentar entrar no banheiro feminino de um bar localizado em Tauá, no Ceará. Milene Pereira de Sousa estava acompanhada da namorada e teve ferimentos por todo corpo, além de uma fratura no joelho.

O caso aconteceu na última segunda-feira (22). Segundo informações do G1, Milena foi impedida de entrar no banheiro por um homem, que a espancou.

"Eu estava na seresta com minha companheira e tentei ir ao banheiro. Quando cheguei para entrar, ele já estava perto da porta e me empurrou. Pegou minha camisa e disse que lá eu não entrava. Decidi sair do lugar, mas ele me perseguiu", contou Milena ao portal.

A agressão continuou na rua do estabelecimento e foi filmada por pessoas ao redor. Os golpes a deixou com hematomas e dores por todo corpo. Milena contou que chegou a ter o corpo jogado em cima de um carro.

Leia Também

"Fiz de tudo para me defender. Se eu ficasse parada, ele tentaria me matar. Me jogou para cima do carro, senti uma pancada forte e caí no chão. Minha companheira tentou me defender, mas não conseguia. Tentei me levantar e percebi algo no joelho e cai de novo. Veio mais agressão", narra.

Após os ataques, Milena foi encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para tratar dos ferimentos em todo corpo. Ela afirma que, segundo o médico que prestou atendimento, o osso do joelho não deve voltar mais para o lugar e que terá de passar por cirurgia.

O caso foi levado à Delegacia Regional de Tauá como lesão corporal e LGBTfobia. A Polícia Civil afirma que as investigações estão em andamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários