Larraya, de 53 anos, foi morta por homem de 43 anos, que foi preso e será autuado por homicídio
Reprodução
Larraya, de 53 anos, foi morta por homem de 43 anos, que foi preso e será autuado por homicídio


Na madrugada da última segunda-feira (8) Larraya, uma travesti de 53 anos, morreu após uma perseguição na cidade de Sobral, no Ceará. Informações do Portal Metrópoles apontam que a travesti participava de um evento perto da Prefeitura da cidade e estava acompanhada de pessoas conhecidas.


A polícia afirma que foi quando começou ela sofreu agressões de um homem de 43 anos. Larraya tentou fugir. As agressões começaram por volta das 3h da manhã, com puxões de cabelo. O homem chegou a jogar o corpo de Larraya no chão. Foi quando bateu a cabeça e veio à óbito. O Samu foi chamado para a ocorrência por funcionários da Prefeitura, mas a travesti já estava morta.

Todo crime foi registrado pelo sistema de câmeras de segurança, o que permitiu identificação do homem pela Polícia Civil e Militar. Ele foi preso em flagrante e será autuado por homicídio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários