Formiga recebe nome científico neutro
undefined
Formiga recebe nome científico neutro


Uma formiga recém-descoberta foi a primeira espécie animal a receber um nome científico neutro para homenagear a diversidade de gênero. Encontrado em florestas tropicais do Equador, o inseto recebeu o nome de "Strumigenys ayersthey".

Normalmente, quando as espécies recebem o nome de pessoas, o nome científico termina com -ae (após fêmeas) e -i (após machos), mas este grupo de pesquisadores queria fazer uma homenagem a pessoas não binárias. 

Segundo informações do New York Post, a formiga foi encontrada pela primeira vez por Philipp Hoenle, da Universidade Técnica de Darmstadt, na Alemanha. Douglas Booher, da Universidade de Yale, confirmou que o inseto de fato não havia sido catalogado antes. 

Jeremy Ayers

Michael Stipe, vocalista da banda R.E.M., ajudou Booher a escrever parte do artigo de pesquisa sobre a nova espécie. Os dois aproveitaram para homenagear o ativista e artista Jeremy Ayers, que serviu como inspiração para o nome científico do inseto.

Ayers, que faleceu em 2016, era um ativista dos direitos humanos dos LGBTs que lutou pela causa não-binária. "Esta era a espécie certa para celebrar a diversidade biológica e humana. Pequenas mudanças na linguagem tiveram um grande impacto na cultura. A linguagem é dinâmica e assim deve ser a mudança na nomenclatura das espécies", disse Booher.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários