Com aval do Papa, Vaticano proibe bênção de uniões homossexuais
Reprodução: iG Minas Gerais
Com aval do Papa, Vaticano proibe bênção de uniões homossexuais



O Vaticano anunciou , nesta segunda-feira (15), que a Igreja Católica não pode abençoar uniões entre pessoas do mesmo sexo e que, se forem realizadas, não serão consideradas lícitas. Com o retrocesso desta decisão, confira alguns países onde os  direitos da população  LGBTQIA + estão mantidos. 

Holanda

O primeiro país do mundo a legalizar casamento entre pessoas do mesmo sexo foi a Holanda, em 2001. No dia em que a lei entrou em vigor, quatro casais oficializaram a união em Amsterdã. A nova norma também deu permissão para que casais homoafetivos possam adotar.


Você viu?

Bélgica

Dois anos após a Holanda, o país vizinho Bélgica se tornou a segunda nação no mundo a reconhecer casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Ao contrário dos holandeses, os belgas não permitiram a adoção por casais homossexuais de imediato. Apenas três anos depois a lei sobre adoção foi aprovada.


África do Sul 

O reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo na África do Sul é legal desde 2006 e é a única nação no continente africano que permite uniões civis homoafetivas.


Argentina

Em 2010, a Argentina foi o primeiro país da América Latina a legalizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo e o décimo no mundo. Nesse mesmo ano, Portugal e Islândia também aprovaram leis garantindo o direito ao casamento homoafetivo.


Brasil

Em 2011, o Brasil reconheceu a união estável entre pessoas do mesmo sexo, mas foi em 2013 que o país regulamentou o casamento em todo o território nacional.


Nova Zelândia

A Nova Zelândia se tornou o primeiro da região Ásia-Pacífico a permitir casamentos homoafetivos em 2013. No mesmo ano, a França e o Uruguai também legalizaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Estados Unidos

Em junho de 2015, o casamento homossexual foi legalizado em todo o território estadunidense . No dia, a Casa Branca foi iluminada com as cores da bandeira LGBT. 

Taiwan

Em 2019, Taiwan legalizou o casamento homoafetivo tornando-se o primeiro país da Ásia a fazê-lo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários