Atletas trans poderão decidir em qual categoria de gênero competir a partir de agosto
Vera Loitzsch/DFB
Atletas trans poderão decidir em qual categoria de gênero competir a partir de agosto

A Federação Alemã de Futebol divulgou, neste última quinta-feira (23), que  entram em vigor, na temporada 2022/2023, os regulamentos que aprovam o direito de atletas trans, não-binários e intersexos - que tenham como gênero sinalizado em seus estados civis as opções 'diversa' ou 'não especificada' -, de escolherem em qual time irão jogar: no feminino ou no masculino.


A nova regra vale para as categorias de base, amadoras e de futsal, a partir de agosto - quando começa a próxima temporada de jogos - e foi incorporada ao regulamento de jogo da DFB (sigla em alemão para a Federação), além de valer para as ligas regionais e estaduais.

Na Alemanha, o registro civil com a opção 'diverso' ou 'não identificado' passou a vigorar a partir de 2018.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários