Cartazes da campanha LGBTI+ Inclusão que serão expostos nas estações de metrô de São Paulo
Divulgação
Cartazes da campanha LGBTI+ Inclusão que serão expostos nas estações de metrô de São Paulo

Entre os dias 17 e 31 de maio, as estações de metrô de São Paulo serão palco de uma campanha de conscientização contra a LGBTfobia. Idealizada pelo Instituto Mais Diversidade, Museu da Diversidade Sexual e o Instituto Odeon, a campanha LGBTI+ Inclusão vai veicular cartazes e vídeos que definem o que é LGBTfobia e incentiva que os passageiros ofereçam apoio a vítimas de preconceito. A ação tem apoio do Metrô de São Paulo, do Governo do Estado de São Paulo, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e da Secretaria dos Transportes Metropolitanos.

O lançamento no dia 17 é marcado pelo Dia Internacional do Combate à LGBTfobia. Na mesma data, representantes do Instituto Mais Diversidade vão realizar uma roda de conversa na estação República, às 16h. O bate-papo deve abordar caminhos para a realização efetiva da inclusão de pessoas  LGBTQIA+ em espaços sociais.

A iniciativa também tem como objetivo conscientizar passageiros sobre os impactos da LGBTfobia nesta população, que vai da violência verbal até a morte. Além disso, serão desmistificados preconceitos socialmente enraizados que faz com que pessoas LGBT tenham medo de transitar no espaço público.

O dia 17 de maio deste ano também marca o primeiro aniversário do Instituto Mais Diversidade. A organização não tem fins lucrativos e encabeçam projetos com o intuito de gerar oportunidades profissionais para a comunidade LGBTQIA+ em todo o país. O instituto faz parte da Mais Diversidade Consultoria, que dá apoio a empresas privadas em questões de diversidade, cultura inclusiva e equidade.

“A discriminação generalizada com base na orientação sexual, identidade de gênero, expressão de gênero e características sexuais desempenha um papel central na negação da igualdade de oportunidades e na garantia de direitos básicos para as pessoas LGBTI+. Por isso, entendemos como extremamente relevante promover esse debate com a sociedade”, explica João Torres, presidente do Instituto Mais Diversidade e sócio da Consultoria Mais Diversidade.

Agora você pode acompanhar o iG Queer também no Telegram! Clique aqui para entrar no grupo .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários