Aprenda a usar o short o ano todo, seja no calor ou no frio
Josh Willink/Pexels
Aprenda a usar o short o ano todo, seja no calor ou no frio


Entre algumas das peças mais buscadas e utilizadas em estações quentes como verão está o shorts, que oferece frescor e conforto ao mesmo tempo. Porém, essa peça aparentemente simples pode se tornar protagonista de vários tipos de composições e não apenas no calor, mas no tempo frio também. Amanda Santos, consultora de moda, ressalta justamente as altas possibilidades de encaixar o shorts em looks dos mais variados, para diferentes climas e temperaturas. Ela também lista algumas peças que podem ser adicionadas como aliadas a ele.

“Apesar do shorts ser uma peça essencial para estações mais quentes, ele pode ser usado de diversas formas também no inverno e ainda assim ficar quentinho. Pode-se usar o shorts com meia calça ou meia ⅞: essas dão o efeito de alongamento na perna e um look mais charmoso. Também pode usar com meia ¾ e trazer um look mais descontraído. Os casacos, blazers e jaquetas também são essenciais na composição, pois com eles você pode montar um look mais formal estilo alfaiataria ou um look mais despojado com peças oversized”, aponta.

Além de poder ser incorporado no inverno, o shorts também pode funcionar bem em composições que buscam ser mais agênero , aliado a outros elementos que juntos contrariam os estereótipos de “masculino” e “feminino” dentro dos estilos de vestimenta, como explica Karine Rodrigues, consultora de moda e stylist.

“O shorts é uma peça mais atemporal e versátil, atende diversos estilos. Não é apenas um elemento que faz o estilo, mas sim a composição, e nesse caso [moda agênero] pode-se apostar em camisetas mais over que fica supermoderno. Camisetas com shorts são um combo básico, então pode-se complementar com acessórios diferentes para deixar a composição menos básica e mais descolada”, aconselha ela. 

Karine ainda aponta que, sendo agênero ou não, é importante se desprender de alguns tabus para começar a incorporar o shorts sem medo nos looks, tanto no dia a dia quanto em eventos mais específicos. “As pessoas criam alguns tabus que não conseguem usar uma determinada peça sem antes mesmo experimentar. Gosto de dizer que antes de falar ‘não uso’, experimente, veja como que fica no seu corpo, se entra dentro dos seus estilos, aí sim você saberá se será válido ou não. Pode iniciar combinando com alguma peça que goste muito, assim não sai muito da zona de conforto e aos poucos você consegue ir arriscando mais em combinações diferentes e inusitadas. Outra dica é começar por peças mais coringas e básicas, para não causar tanto estranhamento”, orienta. 

Amada também lista alguns fatores que podem ajudar a guiar a montagem do look com base no shorts. Desde a ocasião em questão até o material da peça, tudo pode influenciar em como a composição vai se formar, ou seja, podem ser tópicos facilitadores. 

“O material do shorts vai dizer muito sobre o que você pode ou não usar. Existem diversos estilos de shorts e você pode compor desde looks para o dia a dia ao evento mais formal. Cuidado com a mistura de estampas, pois a chance de errar é muito grande. Se você faz uma produção mais arrumada, aposte nos acessórios com mais glamour. Se a intenção é montar um look mais casual, o shorts jeans é uma ótima opção”, diz.

Leia Também

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Contudo, caso deseje comparecer a uma ocasião mais formal, também é possível abrir mão das calças e saias e usar o shorts como aliado, de acordo com Sophia Martins, especialista em gestão de imagem pessoal. “Os shorts de alfaitaria são mais arrumados para ocasiões em que você pode montar um look mais formal, com uma camisa social, um blazer ou um sapato mais arrumado, ou pode fazer um ‘hi-lo’ com uma camiseta e um tênis, ficando arrumado, mas com um ar esportivo. O shorts jeans já tem uma pegada mais casual, pode usar com camiseta, cropped, body e camisa”, sugere ela. 

A especialista ainda aponta que, para diferentes finalidades, testar cada possibilidade ainda é uma excelente forma de se certificar que um look realmente caiu bem e corresponde às expectativas. “Eu recomendo o teste do espelho, comece colocado a peça e vá separando opções de blusas, acessórios, assim é possível ir testando combinações, vendo o que conversa melhor com cada peça. Se você está se sentindo confortável com a sua roupa em frente ao espelho, se jogue. Se não, continue testando, não tenha medo de tentar”, recomenda.

Diferentes modelos e aliados

Como já foi citado, há vários materiais pelos quais os shorts são compostos, e também há grande variedade de modelos que podem casar melhor com diferentes ocasiões. A partir disso, é possível ter um norte de como começar a usá-los dependendo das necessidades mais comuns e dos eventos majoritariamente frequentados. Amanda Santos elenca alguns deles e explica com o que cada um pode se encaixar melhor.

“Existem diversos modelos. Os mais conhecidos são: jeans, shorts-saia, envelope, shorts cintura alta, biker, entre outros. O shorts jeans é uma versão clássica e muito democrática, tem diversas variações de coloração, como branco, preto e estampado, e variam no estilo, como cintura alta, boyfriend, curto, médio, etc. Combinações com blusinhas trazem um look para o dia a dia, já com camisa social cria-se um look mais casual. O shorts cintura alta é perfeito para combinação com cropped ou blusinhas por dentro, porque esse modelo define melhor a cintura e pode-se criar looks incríveis. Já o shorts saia é considerado uma versão mais arrumadinha, traz o conforto do shorts com a aparência de uma saia sobreposta”, explica. 

Já os modelos considerados “masculino” possuem um corte específico que pode funcionar muito bem dependendo do gosto de cada um. Sophia Martins fala um pouco sobre esse modelo e quais são as demais peças que funcionam melhor com ele: “Os shorts considerados masculinos estão com uma pegada mais curta, com tecidos mais leves e texturas variadas, o que já dá muita personalidade para quem está vestindo. Essa é uma boa escolha para os looks de verão, já os de alfaiataria se encaixam mais para eventos durante o dia. Mesmo que você use mais bermuda, é bom respirar novos ares e testar o conforto do shorts, camisas com botões mais abertos, sandálias e tênis são itens que acompanham bem essa peça”, orienta. 

Além das camisas, blazer e calçados, as meia-calças, citadas anteriormente como aliadas fiéis aos shorts no inverno, oferecem grande variedade de materiais, cores e estampas que podem complementar um look de maneira efetiva e original. Também não pode-se deixar de lado o fato dela permitir que os shorts saiam do guarda-roupa mesmo em tempos mais frios, ou seja, graças a elas essa peça pode ser explorada o ano todo. Karine Rodrigues oferece orientações sobre como investir nessa parceria.

“A meia-calça é um acessório funcional e atemporal, principalmente no inverno. Por aparecer menos pele, entra em uma composição mais refinada e pode ser usada tanto com botas quanto com sandálias, sapatilhas, tênis, etc. Vai depender do estilo e ocasião. Hoje o mercado de meia-calça expandiu muito e entrou como um item tendência da moda, então encontramos meias estampadas, coloridas e com texturas. Graças a isso, conseguimos deixar a composição mais moderna, criativa e descolada. Dica: cuidado com o contraste, por exemplo, se você escolher uma meia-calça mais escura, seria interessante o shorts também seguir essa linha, assim você consegue valorizar mais a silhueta e esse menor contraste deixa a composição mais refinada, principalmente se você tem medo de arriscar em uma produção muito inusitada”, conclui.

Agora você pode acompanhar o iG Queer também no Telegram!  Clique aqui para entrar no grupo .

** Estagiário das editorias Queer, Canal do Pet e Turismo desde 2021, Miguel Trombini já passou pelas editorias Delas e Receitas. Produz majoritariamente para a página LGBTQIAP+ do iG e utiliza um pouco da experiência como homem trans e gay para oferecer o conteúdo mais completo possível acerca da diversidade sexual e de gênero.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários