De
Montagem/divulgação
De "Euphoria" a "My Policeman", veja os filmes e séries LGBTQIA+ que chegam às telas em 2022

Os lançamentos do cinema e do mundo das séries para 2022 prometem entregar títulos empolgantes para os fãs desse universo; principalmente para quem adora acompanhar narrativas que abordem temas referentes à comunidade LGBTQIA+ . O iG Queer separou alguns títulos que merecem sua atenção ao longo do ano.

Além da temática LGBT em si, os filmes também apresentam outros motivos marcantes por trás das câmeras para assisti-los. No cinema, por exemplo, Billy Porter vai estrear na direção de um filme sobre a vida de uma garota trans na idade escolar. Além disso, Harry Styles vai viver um romance gay pela primeira vez nas telas e Natasha Lyonne, a Nicky de “Orange Is The New Black”, assina a produção de um romance lésbico.

No mundo das séries as novidades não param! Emma Roberts vai ajudar a trazer à vida um seriado em que a protagonista é uma vampira lésbica. Também chegam à televisão a segunda temporada de “Euphoria”, que bombou entre a geração Z por retratar temas complexos da adolescência, incluindo transgeneridade e homossexualidade, e adaptação brasileira de “Queer Eye”, um famoso reality show queer norte-americano.

Filmes

1- Maybe Someday

A comédia romântica que tem um casal lésbico no centro da narrativa acompanha Jay (Michelle Ehlen), uma mulher que vê sua vida virar de cabeça para baixo em meio à separação de sua esposa. Para superar a dor do fim do relacionamento, Jay decide se mudar para o outro lado do país para começar uma nova vida. Lá, ela experimenta um turbilhão de sensações que ficam entre os extremos do amor e da perda.

2- Am I Ok?

Divulgação
"Am I Ok?" foi dirigido por um casal lésbico

Com Dakota Johnson no elenco e estreia marcada para o Festival Sundance de Cinema, um dos prêmios mais renomados do cinema independente, “Am I Ok?” acompanha duas melhores amigas que vivem épocas decisivas para a amizade. Enquanto Lucy (Johnson) embarca em uma experiência profissional que a faz mudar de país, Jane (Sonoya Mizuno) começa a questionar a própria sexualidade. O filme foi dirigido por Stephanie Allynne e Tig Notaro, que são esposas.

3- BROS

A comédia romântica
Reprodução/Out
A comédia romântica "BROS" conta com elenco principal todo LGBT

O filme é considerado pela mídia especializada como marcante no quesito representatividade, isto porque todo elenco principal é formado por pessoas LGBTQIA+. Entre os nomes que participam do projeto estão Bowen Yang, Billy Eichner (que também escreveu a trama), Guillermo Diaz, Luke Macfarlane e Ts Madison. O longa é uma comédia romântica que vai acompanhar dois homens com diversos problemas pessoais tentando embarcar em um relacionamento.

4- Love In Color

Com produção de Natasha Lyonne e da comediante Maya Rudolph, o filme aborda a experiência da saída do armário e o romance lésbico inspirado nas experiências de vida das roteiristas, Casey Rackham e Kirsten King. A trama segue uma jovem artista que é forçada a entrar no time de atletismo da escola. Ela usa a oportunidade para conseguir se aproximar da garota pela qual está apaixonada há muito tempo.

5- Framing Agnes

Em 1950, Agnes participou de um estudo da Universidade de Los Angeles para tentar realizar uma cirurgia de redesignação sexual. O caso ficou por muito anos sem ver a luz do dia, mas foi “desenterrado” em 2017, dando origem a um curta-metragem em 2019. Em 2022, um longa do caso será lançado no Festival Sundance de Cinema. Com mistura de ficção e filmes de arquivo, o elenco conta com nomes como Angelica Ross (Pose e American Horror Story), Jen Richards, Max Wolf Valerio, Silas Howard e Zackary Drucker.

6- My Policeman

Reprodução
"My Policeman" é estrelado por Harry Styles

O filme é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito pela autora britânica Bethan Roberts. A trama se passa nos anos 1950 e explora o romance proibido de Tom (Harry Styles) e Patrick (David Dawson), em um momento na história em que ser homossexual era considerado crime. Patric se muda para a casa de Tom, o que faz com que os dois começam a explorar o sentimento de amor, afeto e desejo um pelo outro de tal maneira que a vida de ambos será fortemente impactada.

7- Fire Island

O filme
Reprodução/Out
O filme "Fire Island" aborda uma aventura em amigos

O nome do filme é relacionado a uma ilha homônima localizada em Long Island, Nova York, que é conhecida como refúgio dos gays. A trama é livremente inspirada em uma versão gay e contemporânea do romance “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen. A premissa do filme é acompanhar dois amigos que embarcam a Fire Island em um grupo de amigos ecléticos (e regados a muito vinho rosé barato).

8- What If?

O filme marca a estreia do ator e produtor Billy Porter na direção de um longa. O filme será estrelado pela atriz Eva Reign, novata que vai interpretar uma garota trans no ensino médio que é chamada para um encontro com um garoto por quem tem uma queda. O pedido é feito a ela depois que o garoto pede algumas dicas em um fórum online de como fazer isso. A história é baseada em um post real do Reddit.

Leia Também

Leia Também

Séries

9- Euphoria

Segunda temproada de Euphoria volta em 9 de janeiro
Reprodução/HBO
Segunda temproada de Euphoria volta em 9 de janeiro

A segunda temporada da aclamada série estrelada por estrelado por Zendaya (e que rendeu a ela um Emmy de Melhor Atriz) chega às telinhas no próximo domingo (9) e promete muitos mais debates sobre sexualidade, transgeneridade, relacionamento abusivo, uso de drogas, aceitação e muito mais. Um dos pontos mais aguardados para esta temporada é como deve ficar o relacionamento entre Rue (Zendaya) e Jules (Hunter Schaffer) após os acontecimentos da primeira temporada e dos dois especiais lançados em 2019 e 2020.

10- Queer Eye Brasil

Chegou a vez do Brasil! A série "Queer Eye" possui um histórico que vai muito além da versão lançada em 2018. Na verdade, o reality show que traz cinco homens gays para transformar a vida de pessoas hétero existiu em 2003 e teve 4 temporadas. Anos depois, foi resgatada pela Netflix com Jonathan Van Ness, Antoni Porowski, Karamo Brown, Tan France e Bobby Berk.

Em 2022, a Netflix vai estender a proposta do programa para o Brasil. Os cinco fabulosos, como o grupo é chamado, será formado por Fred Nicácio, Guto Requena, Luca Scarpelli, Rica Benozzati e Yohan Nicolas. Veja o teaser do programa.

11- Hellraiser

A série de filmes que acompanha demônios sadomasoquistas ganhará um seriado estrelado por Jamie Clayton (a Nomi de “Sense 8”) no papel de Pinhead. A saga original foi marcante por se tratar do primeiro queer horror a furar a bolha do mainstream e ficar conhecido no mundo todo. A série terá envolvimento de Clive Barker, o criador do universo de “Hellraiser”.

12- RuPaul’s Drag Race: UK Versus The World

Drags britânicas consagradas em
Divulgação
Drags britânicas consagradas em "RuPaul's Drag Race" voltam em RuPaul’s Drag Race: UK Versus The World

É isso mesmo: RuPaul's Drag Race vai ganhar uma versão “All Star” só com drags britânicas! As nove convidadas para participar do elenco já são conhecidas pelos fãs do reality, o que faz com que a série siga a linha do que é o “All Stars”. O programa será exibido no Reino Unido pela BBC. A bancada do júri continuará sendo formada por Alan Carr, Graham Norton e Michelle Visage, os mesmos da versão britânica do “Drag Race”.

13- Conversation With Friends

Inspirado no livro de mesmo nome da autora Sally Rooney, a mesma que escreveu “Normal People”, a trama segue Bobbi (Sasha Lane) e Frances (Alison Oliver), duas estudantes universitárias que acabam se envolvendo de forma estranha e inesperada com um casal, formado por Nick (Joe Alwyn) e Melissa (Jemima Kirke). Além de infidelidade e desejo, a bissexualidade é um dos assuntos retratados na história.

14- First Kill

Com lançamento previsto para 2022 na Netflix, a série acompanha Juliette, uma vampira adolescente que está prestes a passar pelo rito de passagem para se tornar uma vampira poderosa na família. Para isso, ela precisa cometer seu primeiro assassinato; no entanot, ela acaba se apaixonado pela vítima, uma garota chamada Calliope. Juliette também descobre que Calliope vem de uma família de matadores de vampiros.

Inspirada no clássico seriado “Buffy, a Caça-Vampiros”, a série tem produção executiva assinada por Emma Roberts. A história é inspirada em um conto escrito por V.E. Schwab

15- Rebelde

Reboot de
Divulgação/Netflix
Reboot de "Rebelde" pode abordar mais sobre sexualidade

Com estreia marcada para a próxima quarta-feira (5), o reboot da novela mexicana que fez sucesso no mundo todo deve atualizar a trama para abarcar, de forma mais aberta, temas relacionados à adolescência. Isso abre brechas para que a homossexualidade (e quem sabe até a transgeneridade) sejam discussões presentes na trama de “Rebelde”.

Assim como na novela, a trama segue a banda formada por estudantes da Elite Way School. O trailer da série já entrega que Andi (Lizbeth Selene), que é a uma das protagonistas, se envolve com outra garota, Emilia Alo (Giovanna Grigio), o que pode torná-la lésbica ou bissexual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários