Francesco Spagnesi
Reprodução PinkNews
Francesco Spagnesi

O Padre Francesco Spagnesi, de 40 anos, foi condenado a três anos e oito meses de prisão por roubar £ 85 mil - equivalente a R$ 539,89 mil na cotação atual - de sua paróquia e gastar parte do dinheiro em festas regadas a droga e sodomia.

Preso em setembro de 2021, o Padre será obrigado pela Justiça a devolver todo o dinheiro que roubou. Quanto as acusações de tráfico, apropriação indébita e tentativa de dano patrimonial, foram retiradas. O religioso apenas responderá por ter tido relações sexuais com homens sem lhes dizer que era soropositivo. De acordo com os advogados de Spagnesi, o Padre tomava medicamentos anti-retrovirais, o que significava que não podia transmitir o HIV, entretanto, mesmo assim configura crime não evidenciar aos parceiros. Por conta do escândalo, o religioso foi afastado de suas funções pela Diocese de Prato, em Toscana, na Itália. 

Ao Jornal italiano Corriere Della Sera, O ex-Padre comunicou: "Queria ser o pastor dos meus fiéis, guiá-los nos caminhos do Senhor e acabei no vício e na perdição". Spagnesi é um ex-estudante de medicina que abandonou a faculdade aos 26 anos dizendo que ter encontrado a "plenitude e alegria em me colocar à disposição dos outros". Ele foi ordenado em 2007 e nomeado pároco em 2009.

Francesco Spagnesi
Reprodução PinkNews
Francesco Spagnesi


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários