Há 10 anos o SFT reconhece a união entre pessoas do mesmo gênero
Monstera/Pexels
Há 10 anos o SFT reconhece a união entre pessoas do mesmo gênero

O casamento entre pessoas do mesmo gênero do Brasil é reconhecido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) há 10 anos. Um levantamento realizado pela plataforma do G1 com dados fornecidos pela Arpen (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais) aponta que a quantidade de uniões homoafetivas este ano será um recorde desde 2018 -- que totalizou pouco mais de nove mil. 

A previsão é que 2021 feche com mais de 10 mil casamentos, sendo que até agora 8.607 foram realizados só de janeiro a outubro. De acordo com o levantamento, dois fatores podem contribuir para que a previsão se concretize: o fato de que o mês de dezembro costuma ser o mais procurado para a realização de casamentos e a melhora da pandemia com o avanço da vacinação. 

Em 2011, um julgamento do STF decidiu a favor da união estável entre pessoas do mesmo gênero, e em 2013 o Conselho Nacional de Justiça publicou a resolução que amplia a decisão para o país inteiro, exigindo que os cartórios realizassem os casamentos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários