Billy Porter e Harry Styles
Instagram
Billy Porter e Harry Styles

Billy Porter, 52 anos, pediu desculpas por criticar a capa da revista "Vogue" protagonizada por Harry Styles. Em participação no "The Late Show com Stephen Colbert", neste sábado (06), o ator declarou. "A primeira coisa que quero dizer é: Harry, peço desculpas a você por envolver seu nome nessa polêmica. Não era sobre você. A conversa não era essa. É mais do que apenas você de vestido. É mais profunda. É sobre os sistemas de opressão e apagamento de pessoas de cor".

Em participação no talk-show, o ator, que ganhou destaque por seu papel em "Pose", comentou também que a crítica contra o ex-integrante do One Direction lhe rendeu muito hate e "cancelamento" na internet. "Era um dia fraco de notícias, mas me vi vítima da cultura de cancelamento da internet. Que fique claro, nunca irei julgar a vida ou humanidade de alguém nas redes sociais. Enfim, sinto muito, Harry. Eu não tive a intenção de fazer mal. Eu sou um homem gay.... e nós [gays] gostamos dele, é um fofo", encerrou Porter.

Em outubro de 2021, Billy Porter criticou o fato de a Vogue norte-americana rotular Harry Styles como o "primeiro homem a posar de vestido para a revista". A ação de marketing, todavia, não agradou nada o ator de "Pose", que criticou o veículo e, por consequência, o cantor. "Fui um dos primeiros a fazer isso [naturalizar vestidos entre homens] e agora todo mundo está fazendo. Eu trouxe a conversa para o mainstream e ainda assim a Vogue coloca Harry Styles, um homem hetero e branco, em um vestido em sua capa", declarou Porter, visivelmente magoado. À época, nem o magazine, nem o cantor se posicionaram sobre o assunto. Entretanto, isso não impediu Billy de receber comentários negativos em suas redes sociais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários