Cresce realização de união estável e casamento homoafetivo no Brasil
Pexels/Uriel Mont
Cresce realização de união estável e casamento homoafetivo no Brasil


Dados da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen/SP) apontam aumento na realização de casamentos homoafetivos no Brasil. Até setembro deste ano, cerca de 7.451 casamentos de pessoas do mesmo gênero foram realizados, um aumento de 37% em relação ao ano de 2020.

Os pedidos por união estável também aumentaram ao longo do ano. Dados apontam que 1.459 uniões estáveis foram realizadas, cerca de 162 por mês até setembro. Em 2020, no mesmo período, o número foi de 128 pedidos por mês. O estado de São Paulo lidera os registros de união estável homoafetiva, com cerca de 298 casais. Esse é o nível mais alto desde 2017.


Leia Também

Os dados apontam que casamentos e união estável apresentaram aumento de forma geral neste ano. O crescimento foi de 29% em relação aos primeiros nove meses de 2020, com cerca de 38.109 uniões realizadas.

O que pode ter influenciado no aumento do número de casamentos este ano foi a determinação do Conselho Nacional de Justiça, em maio de 2020, de realizar os trâmites por videoconferência.

De acordo com a Arpen, é esperado um crescimento de 47% na realização de casamentos gerais no primeiro semestre de 2022. De acordo com a organização, estima-se que 624 mil casamentos aconteçam na primeira metade do ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários