Atual superman é filho de Clark Kent
Reprodução/DC
Atual superman é filho de Clark Kent


Atual Superman da DC, Jon Kent irá se assumir bissexual na HQ 'Superman: Son of Kal-El #5'. A informação foi divulgada pelo site IGN nesta segunda-feira (11). 

Jon é herdeiro do posto de Superman do pai, Clark Kent. A recém-lançada série de HQ's 'Superman: Son of Kal-El' mostra a vida do herói de 17 anos. A DC mostrou imagens do relacionamento do filho de Clark Kent com Jay Nakamura, ativista hacker. 

O primeiro beijo dos dois, até então amigos, estará na quinta edição da série. Em entrevista para a IGN, o escritor Tom Taylor disse que quando foi convidado para fazer a nova revista do herói, ele queria algo diferente para o personagem. 

“Quando me perguntaram se eu queria escrever um novo Superman com uma primeira edição para o Universo DC, eu sabia que substituir o Clark com outro cara hétero e branco seria uma oportunidade perdida. Eu sempre disse que todo mundo precisa de heróis e todo mundo merece ver a si mesmo em seus heróis. Hoje, o Superman, o herói mais forte do planeta, está se assumindo", disse. 

O roteirista explicou o motivo para a relação ser importante para Jon: "Devido a mudança na idade de Jon por ele ter passado um tempo no futuro, Jon não tem amigos no presente que possuem sua idade. Ele não tem seu elenco. Ele tem um melhor amigo na forma do Damian, que vai ser muito importante na nossa série, mas era importante dar para o Jon outro amigo próximo, alguém que pudesse o apoiar".

"Por isso foi importante fazer de Jay Nakamura alguém formidável. Encontrar o balanço em sua relação para que eles possam ser iguais, ao invés de fazer o Jay ficar dependendo do Jon. Por isso revelamos os poderes de Jay na edição #4, descobrimos que ele não pode se machucar. Isso significa que, de todos na vida de Jon, Jay é o único que ele não precisa proteger. Significa que o relacionamento deles é construído na igualdade e apoio mútuo”, comentou. 

Leia Também

Além de Jon, o escritor trabalha na bissexualidade de Arlequina em 'Injustice'. “[A Arlequina] é a primeira personagem que eu pude escrever sendo abertamente bissexual. Mesmo no nosso universo próprio de Injustice, pudemos contar histórias e mostrar relacionamentos que não estavam acontecendo em outros locais naquela época. E eu me senti honrado de ter a chance de escrever o casamento da Arlequina e Hera Venenosa ano passado em Injustice: Ano Zero", disse. 

"Relacionamentos na vida amorosa da Harley são sempre uma loucura. Ainda assim, a principal lição é ser o mais natural possível, indo com as ações dos personagens, deixando eles serem levados pelas emoções e deixar eles irem", afirmou. 

"Eu espero alcançar a mesma coisa com Jon e Jay, porém sempre é complicado manter o exterior estoico de um personagem heroico combinado com os fortes sentimentos que nem sempre serão dor e raiva. É um desafio que aceito bem”, disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários