Pepita defendeu a influenciadora e foi ameaçada
Reprodução
Pepita defendeu a influenciadora e foi ameaçada


Como Ariadna , Pepita também defendeu a influenciadora Marcella Pantaleão dos ataques transfóbicos que ela sofreu por parte de jogadores de Free Fire, Buxexa e Racha. Na ocasião, os dois provocaram o jogador 'Nobru', por ter curtido uma foto de Marcella. 


"O Nobru comentou a foto da ruiva lá, botando coraçãozinho no olho, quando fui ver era uma ruiva de três pernas. Ave Maria", disse. Racha, que também estava na live, comentou: "Eu vi (risos). Minha mulher me mostrou e disse "Nobru comentou nesta foto aqui, mas essa mulher é um homem, ele não sabe não?". 

Você viu?

A influenciadora recebeu apoio de Pepita, Ariadna e outros nomes da comunidade LGBTQIA+. Pepita desabafou sobre a luta que passa contra os ataques envolvendo o cenário LGBTQIA+. Segundo a artista, as redes sociais devem se posicionar e restringir o tipo de ataque. 

"Estou extremamente esgotada! Hoje pela primeira vez me peguei perguntando se realmente vale a pena essa luta ou se estou dando murro em ponta de faca. O que leva pessoas a te atacarem nas redes sociais por um posicionamento que você teve? Até ameaçada de morte já fui hoje", disse Pepita. 

Em seguida, ela diz: "Está tudo tão tóxico aqui ou é impressão minha? Cadê os administradores dessas redes sociais que não está vendo criminosos escondidos atrás de fakes para atacar e ameaçar os outros? Transfobia é crime sim e ninguém merece sair impune. Chega de brincadeiras que matam vidas! Chega". 

Os jogadores foram demitidos das equipes que participam e também pediram desculpas pelas redes sociais. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários