Alice Felis fala sobre prisão de seu agressor
Reprodução/Instagram
Alice Felis fala sobre prisão de seu agressor

A modelo trans Alice Felis, que foi brutalmente agredida há cerca de seis meses , falou sobre a prisão de seu agressor, Lucas Brito Marques, preso pela 13ª Delegacia Policial. O homem espancou a vítima no apartamento onde ela morava, em Copacabana, bairro do Rio de Janeiro. Alice precisou passar por cirurgias plásticas para reconstruir o rosto e também teve que extrair 12 dentes.

Em entrevista à Quem, a modelo comentou a prisão e disse que ainda sofre com sequelas psicológicas por conta da agressão. "Me ligaram da delegacia e a delegada Bianca me confirmou. Estou bem tensa. Tomara que ele fique preso mesmo e pague pelo o que me fez. Até hoje, sinto medo de tudo e todos e isso é culpa dele. Mas pelo menos a justiça foi feita. E isso sirva de exemplo que transfobia é crime. Que outras mulheres trans não tenham medo de denunciar", disse.

A modelo se mudou para São Paulo após a agressão, pois não se sentia segura vivendo no Rio. Ela também recebeu o apoio de diversas celebridades, como Preta Gil. A empresa de agenciamento artístico da cantora está agenciando Alice na carreira de modelo e influencer.

"Tive muitas pessoas me apoiando, não só famosos. Me senti muito acolhida, sim. Isso está me ajudando muito por sinal! Tive o apoio da Marília Mendonça, Felipe Neto, Pabllo Vittar, Glória Groove, Mc Mirella, Léo Áquilla. Estou tendo apoio de muita gente! Mas uma delas é a Preta Gil, que está me ajudando muito, me ajudando com hospedagem em São Paulo, sou muito grata a ela. Além do apoio emocional que ela continua me dando nas nossas conversas", Alice Feliz falou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários