Ney Latorraca
Reprodução
Ney Latorraca

O ator Ney Latorraca, que completa 78 anos nesta segunda-feira (25), não poupou elogios ao companheiro de mais de 20 anos, o também ator Edi Botelho, em entrevista ao jornal O Globo.

"Vivo com uma pessoa maravilhosa, um grande companheiro, amigo e bom ator que é o Edi Botelho", disse o artista, que também revelou que nunca se arrependeu de não ter tido filhos ao longo da vida.


"Até cogitei em uma época, mas pensei melhor: 'Ah, não, vai começar de novo toda essa história de encontrar vaga para criança em pensão', brincou.

O veterano está prestes a estrear uma peça baseada em sua trajetória artística de 60 anos e sua vida pessoal: "Seu Neyla". O espetáculo é escrito pela atriz Heloisa Périssé com colaboração de Aloísio de Abreu e José Possi Neto - que também dirige a peça.

Para Latorraca, estar em uma obra que conta sua vida tem sido uma jornada emocional e intensa: "Estudar a própria história mexe com a gente. Não sou de aço, né?".

"Falo muito da minha mãe... Ela morreu em 1984, eu estava com 49 anos, ela, com 71. Super lúcida, ela me chamou e disse: 'Ney, você é um ótimo filho e te acho um ator maravilhoso. Vocês fez grandes coisas, "Anarquistas", "Rabo de Saia", e está fazendo sucesso no teatro. E eu consegui ver isso em vida. Vi você se realizar e estou feliz'", relembra o ator que também compartilhou a última frase que a mãe disse a ele em vida: "Hoje acertaram a gelatina", em referência aos acetatos que colorem as luzes do palco.

A escritora da peça "Seu Neyla", Heloisa Périssé revelou à entrevista que ficou emocionada ao escrever sobre seu ídolo.

"Ney é uma figura espetacular. Sempre há uma história profunda com as pessoas que cruzam o caminho dele. Escrevi sobre a personalidade, o humor exagerado, mas que no fundo todo mundo se identifica com aquelas tintas fortes, porque ele é um ator visceral, verdadeiro. Ney é como um bom perfume: chega e toma conta", disse a atriz.

A peça estreia no próximo dia 19, no Teatro Riachuelo no Rio de Janeiro, e depois migra para uma temporada paulista, que começa dia 9 de setembro, no Teatro Faap.

Agora você pode acompanhar o iG Queer também no Telegram!  Clique aqui para entrar no grupo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários