Bailarinos sensualizam com os figurinos da Turma do Chaves
Reprodução/Instagram 16.06.2022
Bailarinos sensualizam com os figurinos da Turma do Chaves

Um vídeo de uma festa LGBTQIA+ com os personagens de "Chaves" representados de forma sensual, que aconteceu em São Paulo, no início de junho, tem dividido opiniões nas redes sociais. Nas imagens, uma dançarina vestida como Dona Florinda, com um vestido curto e dançando até o chão, e outro bailarino vestido de Quico usando um cropped são os alvos das críticas dos conservadores.

"Mais respeito", escreveu um internauta. "Destruíram a minha infância", comentou outro. "Não esperava menos deles", disse mais um. "Essa não é a vizinhança que eu conheço", falou um internauta com emoji triste.

Além das mensagens negativas, não faltaram piadas com a "versão metaverso" dos personagens de "Chaves" e a grande maioria dos mais de 5 mil comentários vibravam com os bailarinos que empolgavam a Fiesta Guapo, que aconteceu no Sonora Garden, na Zona Norte da capital paulista. 

"E esse Seu Madruga [sarado]? Estou de olho", escreveu um. "Agora eu vejo com ração o porquê o Professor Jirafales sempre aceitava uma xícara de chá", ironizou outro. "A vizinhança do Chaves não valia nenhum centavo, mas agrada a quem olhar", parafraseou outro internauta com a canção "Que bonita a sua roupa".

Nas redes sociais do evento, é possível ver que os produtores investem, inclusive, no figurino do DJ residente, que se veste de Chaves, e também nos cenários que traduzem as imagens do seriado que foi exibido por 35 anos no SBT.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários