Semantic Error é uma série BL sul coreana e está entre as 10 mais assistidas no Brasil
Reprodução
Semantic Error é uma série BL sul coreana e está entre as 10 mais assistidas no Brasil

O Rakuten Viki, uma das principais plataformas de streaming de conteúdo asiático, realizou um levantamento que apurou a ascensão do consumo de produções  BL (Boys Love) a nível global. Esse gênero tem como foco o romance entre dois garotos – assim como também existe o GL (Girls Love) , que trata da relação entre duas garotas. De acordo com a pesquisa, o consumo de obras BL cresceu 151% em todo o mundo, e o Brasil ocupa o lugar de um dos principais públicos que buscam por esse gênero. 

Nos últimos dois anos, a quantidade de séries e filmes Boys Love no mercado cresceu bastante. O Rakuten Viki elencou as 10 produções mais assistidas pelos brasileiros e a Tailândia lidera com a maior quantidade de séries consumidas em território nacional. 

10. “Oxygen” - Tailândia (série)

Gui (Petch Chanapoom Thenwong) perdeu os seus pais quando ainda era muito jovem e precisou trabalhar duro desde então para pagar as taxas escolares. Ele está agora no quarto ano dos seus estudos na universidade para se formar em engenharia. Embora a vida dele tenha sido difícil desde que era criança, Gui é infalivelmente empático, amigável e gentil. Trabalha meio período em um café à noite.

Em uma noite chuvosa, Solo (Nut Supanut Lourhaphanich) vem para o café. Estudante calouro com especialização em música, Solo é, em muitos aspectos, o oposto de Gui. Ele vem de uma família rica, é popular e bonito, para dizer o mínimo. No entanto, após a morte repentina da mãe, ele não consegue mais sorrir. Solo pede um pouco de leite quente e fica encantado com o sorriso de Gui. Ele retorna no dia seguinte, e Gui descobre que está muito feliz em vê-lo novamente. Lentamente, um vínculo se forma entre eles — e o romance está no horizonte.

09. “My Love Mix-Up” - Japão (série)

Por mais tempo do que gostaria de admitir, Sota Aoki (Shunsuke Michieda) tem uma queda pela colega de classe Mio Hashimoto (Riko Fukumoto). Sentado ao lado dela na aula todos os dias, Aoki deseja poder encontrar uma forma de dizer a ela como se sente, mas algo o impede. Apesar de ser incapaz de confessar o que sente, ele pelo menos consegue falar com ela sobre outras coisas mais simples. Aoki até pega emprestado o material escolar dela ocasionalmente, e é por isso que não pensou duas vezes antes de pedir uma borracha emprestada dela um dia, quando percebeu que precisava de uma durante a aula.

Mal sabia Aoki que pegar emprestada uma simples borracha mudaria a sua vida para sempre. Percebendo que Hashimoto escreveu algo na borracha que ele pegou emprestada, Aoki fica devastado ao descobrir que ela havia escrito "Ida-kun". Arrasado ao perceber que ela não tem absolutamente nenhum interesse romântico por ele, Aoki fica tão perturbado que acidentalmente deixa cair a borracha. Para o seu azar, o próprio Kousuke Ida (Ren Meguro) pega a borracha e a entrega de volta para Aoki. Percebendo o nome na borracha, Ida de repente vê Aoki sob uma perspectiva totalmente diferente.

08. “Cherry Blossom After Winter” - Coreia do Sul (série)

Seo Hae Bom (Ok Jin Uk) é um garotinho de sete anos que perdeu os pais e foi morar com uma família adotiva. Nesse novo lar, ele conhece seu irmão adotivo, Jo Tae Seong (Kang Hee), que tem a mesma idade que ele. Seo Hae Bom ficou muito impressionado com seu novo irmão – ele vê em Jo Tae Seong tudo o que não tem: o menino é alto, bonito, popular, atencioso e digno de amor e atenção. O pequenino Seo Hae Bom se vê como inferior e se sente realmente tocado pela bondade da família que o acolheu.

As coisas mudam um pouco para a dupla quando eles começam a estudar na mesma turma no ensino médio, pois começam a passar mais tempo juntos, tanto em casa quanto na escola. Apesar deles já se amarem quase como irmãos, com toda essa proximidade uma inesperada fagulha de romance começa a surgir entre os dois – mas será que o Cupido vai cooperar com isso?

07. “Kissable Lips” - Coreia do Sul (filme)

Após passar os últimos quinhentos anos vagando pela história como um vampiro imortal, Kim Jun Ho (Kim Ji Woong) se vê cansado da própria existência infinita. Depois de viver por mais tempo do que a capacidade de qualquer pessoa, Jun Ho sabe que a única maneira de pôr um fim na sua miserável existência é beber o sangue de um humano de sangue puro e, assim, tornar-se também humano. Mas encontrar alguém de sangue puro não é nem de longe fácil assim como alguém poderia imaginar.

Prestes a perder as esperanças de encontrar tal humano inalcançável, Jun Ho se espanta ao cruzar o caminho de Choi Min Hyun (Yoon Seo Bin), um distraído humano possuidor do raro sangue puro. Cativado pela inegavelmente bela aparência de Jun Ho, Min Hyun é atraído pelo ser imortal que anseia por seu sangue. Contudo, a proximidade com um vampiro traz sua própria série especial de riscos, principalmente quando o vampiro por quem você é atraído nutre uma paixão imortal bastante ciumenta. Tendo amado Jun Ho por mais anos do que consegue contar, Kwon Hae Soo (Mun Ji Hu) fica devastado ao saber do plano de Jun Ho para trocar sua imortalidade por uma chance de viver e morrer como um humano. Determinado a manter Jun Ho a salvo de sua própria tolice, Hae Soo elabora um plano para afastar Min Hyun.

06. “Love By Chance” - Tailândia (série)

Pete (Saint Suppapong Udomkaewkanjana) é um calouro extremamente tímido que percebeu que adaptar-se à vida universitária é um pouquinho mais complicado do que ele esperava. Devido à sua beleza e riqueza, as pessoas sempre se aproximaram dele com algum interesse, mas o tempo e a experiência o ensinaram que confiar nas pessoas só serviu para magoá-lo, o que se torna ainda mais evidente quando descobrem que ele é gay. Agora, usando sua timidez como meio de autopreservação, Pete faz todo o possível para afastar as pessoas, protegendo a si mesmo da crueldade dos outros.

Mas tudo muda no dia em que um acidente coloca Ae (Perth Tanapon Sukumpantanasan) de modo repentino na vida de Pete. Ae é um calouro de alma bondosa da Escola de Engenharia e está sempre disposto a ajudar quem precisa. Quando Ae descobre que Pete está sendo chantageado pelo seu ex, ele intervém. Atraído pela gentileza de Ae, Pete não consegue evitar de se apaixonar pelo seu amigo gentil, mas ele já sabe muito bem o quanto a vida pode ser dolorosa quando uma pessoa não se adequa às normas da sociedade; por isso, ele suprime os próprios sentimentos na esperança de poupar o seu novo amigo de ser ridicularizado pelos outros.

05. “Semantic Error” - Coreia do Sul (série)

Chu Sang Woo (Jae Chan) é um estudante calouro de ciência da computação que valoriza a razão, as regras e um senso rígido do que é certo acima de tudo. Como parte do trabalho universitário, ele é instruído a trabalhar em um projeto em grupo para as artes liberais, no qual os alunos são obrigados a fazer uma apresentação final para passar no módulo, mas como o resto do grupo — do qual ele não sabe nada — decidiu deixá-lo para fazer todo o trabalho por conta própria, ele decide remover os nomes dos demais integrantes e fazer a apresentação sozinho.

Mas mal sabia ele que essa decisão daria um duro golpe nas perspectivas acadêmicas de um estudante veterano, chamado Jang Jae Young (Park Seo Ham). Estudante de design, ele é o oposto extremo de Chu Sang Woo: estiloso, divertido e, acima de tudo, extremamente popular. Jae Young é o mais próximo que uma faculdade tem de uma superestrela. Contudo, quando seu crédito pelo projeto de artes liberais é retirado, os grandes planos dele de estudar no exterior são repentinamente jogados no ar. Ele procura Chu Sang Woo e pretende atormentá-lo, mas quando a dupla é forçada a trabalhar em conjunto uma estranha atração começa a se desenvolver entre eles.

04. “Until We Meet Again” - Tailândia (Série)

Korn (Kao Noppakao Dechaphatthanakun) é um aluno da universidade e filho de um perigoso chefe da máfia. Seu colega, Intouch (Earth Katsamonnat Namwirote), tem uma grande paixão por ele, e vive dando em cima de Korn que sempre dá foras nele. Porém, a atração entre os dois é forte e, no fim, eles formam um laço romântico. A única questão é que na Tailândia do final do século 20, a homossexualidade é desaprovada e seus pais são contra o relacionamento, proibindo os dois jovens de ficarem juntos. Infelizmente, uma tragédia mata ambos os jovens.


Três décadas depois, Pharm Triwinij (Fluke Natouch Siripongthon), de 19 anos, é um calouro na universidade. Ele passou toda a sua vida buscando uma pessoa que nunca conheceu – uma jornada que parece completa quando ele encontra o capitão do time de natação do terceiro ano chamado Dean (Ohm Thitiwat Ritprasert). Aos poucos, os dois formam um laço romântico, mas começam a perceber que suas vidas e amor estão ligados de alguma forma a Korn e Intouch. Será que a história deles pode ter um final mais feliz?

03. “TharnType 2: 7 Anos de Amor” - Tailândia (série)

Sete anos atrás, a vida de Tharn Kirigun (Suppasit Jongcheveevat) virou de cabeça para baixo quando conheceu seu colega de quarto da faculdade, Type Thiwat (Kanawut Traipipattanapong). Ambos calouros à época, Tharn não sabia o que pensar quando seu colega deixou bem claro logo de cara que odiava todos os membros da comunidade LGBTQIA+. Abertamente gay, Tharn nunca cogitou ceder à hostilidade escancarada de Type. Mantendo-se firme em suas convicções, Tharn não apenas ajudou Type a superar seu ódio como também a finalmente enxergar as belas possibilidades ao seu redor.

Apaixonando-se inesperadamente pelo rapaz que mudou tudo há tantos anos, Type e Tharn estão juntos (e felizes) desde então. Agora, já adultos no mercado de trabalho, o casal precisou superar muita coisa para chegar onde estão. Infelizmente, ao invés de as coisas ficarem mais fáceis com o passar do tempo, a vida aparentemente tenta provar continuamente que nem tudo são flores.

02. “Why R U?” - Tailândia (série)

Zon (Tommy Sittichok Pueakpoolpol) é um aluno da universidade e escritor de ficção científica em ascensão que sonha em conseguir um contrato de publicação e escrever best-sellers. Contudo, não é ele quem recebe atenção online por sua escrita, mas sim sua irmã mais nova, cujos romances BL se tornaram uma sensação na internet. O melhor amigo de Zon é Tutor (Saint Suppapong Udomkaewkanjana), um aplicado estudante de engenharia de uma família outrora rica que hoje vive tempos difíceis.


Os dois amigos têm uma adversidade com os outros alunos. Tutor frequentemente entra em conflito com Fighter (Zee Pruk Panich), um aluno do último ano indiferente e um pouco agressivo. Enquanto isso, o inimigo de Zon, Saifah (Jimmy Karn Kritsanaphan), é um músico popular, mas costuma ser hostil com Zon quando se encontram. As coisas ficam estranhas quando esses dois relacionamentos antagônicos ameaçam se tornarem românticos e Zon descobre que o romance BL de sua irmã é, na verdade, baseado nele e em Saifah. Ele exige que ela retire a história da internet, mas ela diz que só irá ceder se for verdade que não há nada entre eles.

01. “Tharn e Type” - Tailândia (série)

Type Thiwat (Kanawut Traipipattanapong) foi vítima de abuso sexual infantil. Essa experiência fez com que ele desenvolvesse sentimentos extremos em relação aos homens, voltando todo o ódio que tem pelo abusador contra os membros da comunidade LGBTQIA+. Mesmo que não tenha muitos problemas para fazer amizade com outros garotos, ele simplesmente não consegue suportar homens gays.

Type agora é calouro na universidade e está entrando em um novo capítulo de sua vida. Fã de futebol, amante de comidas picantes e gentil com todos ao seu redor, Type está certo de que vai se dar muito bem nessa sua vida universitária. No entanto, quando seu novo colega de quarto, Tharn Kirigun (Suppasit Jongcheveevat), entra em sua vida, todos os sonhos de Type de uma rotina maravilhosa em seu tempo de universidade se despedaçam. Tharn é tudo o que o Type aprendeu a odiar: ele é abertamente gay. Determinado a forçar Tharn a sair do dormitório, Type faz tudo o que está ao seu alcance, mas não consegue o que deseja.

Agora você pode acompanhar o iG Queer também no Telegram!  Clique aqui para entrar no grupo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários