Conheça o Guia “Experiências KAYAK - Viaje com Orgulho”, que indica a viajante o que fazer em algumas das principais paradas do orgulho LGBTQIA+ do mundo
KAYAK/Divulgação
Conheça o Guia “Experiências KAYAK - Viaje com Orgulho”, que indica a viajante o que fazer em algumas das principais paradas do orgulho LGBTQIA+ do mundo

Falta menos de um mês para o início do Mês do Orgulho LGBTQIA+ e, com ele, o início dos cronogramas de retorno de paradas do orgulho LGBT às ruas em todo mundo depois de dois anos de eventos on-line devido à pandemia. Para a ocasião, o metabuscador de viagens Kayak criou o “ Experiências Kayak - Viaje com Orgulho ” para auxiliar pessoas que querem conhecer a diversidade das paradas pelo mundo e tornar a organização mais prática para quem quer viver essa experiência em outros lugares.

Além de ressaltar a diversidade de culturas e histórias que marcam as paradas de seis cidades diferentes, o guia indica passeios culturais, bairros LGBTQIA+ , culinária temática e os melhores hotéis para se ficar; além de otimizar a busca por passagens aéreas e aluguel de carro com preços mais baixos. Estão no guia informações e dicas para quem quer visitar as paradas de Nova York, São Francisco, Madrid, Cidade do México, Buenos Aires e São Paulo – considerada a maior parada do mundo que, esse ano, acontece em 19 de junho.

Gustavo Vedovato, country manager e porta-voz do Kayak, acrescenta que o intuito de incluir cidades fora do eixo Estados Unidos e Brasil é crucial para mostrar para os turistas a diversidade de cada parada e como cada cultura influencia na questão do orgulho. São indicadas ainda cidades próximas, eventos temáticos e até mesmo tradições que são comumente realizadas durante as paradas. Além disso, o guia inclui sugestões de passeios para enriquecer, além do divertimento, a experiência do ponto de vista cultural e histórico para conhecer a especificidade da comunidade LGBTQIA+ de cada local.

De acordo com o representante, essa não é a primeira vez que o metabuscador cria ativações voltadas para viajantes LGBTs, mas é a primeira vez que a plataforma desenvolve um guia que tem como foco principal facilitar a organização para prestigiar as paradas do orgulho. "Fizemos uma curadoria com o time global, que pesquisou quais são as principais paradas e a atratividade de cada destino e passeios para fazer além da parada”, explica ao iG Queer.

Estabelecimentos, pratos e até bebidas temáticas que o viajante deve experimentar estão no escopo de indicações. Por exemplo, o guia indica conhecer a boate Aloka Club, em São Paulo; visitar a Zona Rosa, um bairro gay perto da Calle Amberes, na Cidade do México; e até degustar um  waffle em formato de pênis ou vulva nos restaurantes La Pollería e La Coñeria, em Madrid. “Cada cidade tem restaurantes, festas e passeios únicos que agregam e que as pessoas não podem perder a chance de aproveitar”, aponta Vedovato.

No caso de indicações de hotéis, o Kayak tem parceria com a rede hoteleira Accor, responsáveis por acomodações como Mercure, Ibis e Novotel, por exemplo. Vedovato afirma que a rede possui o Accor Live Limitless (ALL), um programa de fidelidade que oferece vantagens ao visitante. “Quem é associado tem benefícios como café da manhã, recepção prioritária e até bebida de boas vindas”, aponta o country manager do metabuscador.

Vedovato explica que o desejo do Kayak com o Guia “Experiências Kayak - Viaje com Orgulho” é ir além da viagem, mas inspirar a criação de roteiros em que seja possível celebrar e expressar a diversidade. “Estamos falando de fazer com que as pessoas sintam orgulho de ser quem elas são, conscientizar e visibilizar a diversidade, e ter uma plataforma que fala com todos os gêneros pode enfatizar essa mensagem”, diz.

Segurança

Além da indicação de roteiros e de resumos sobre as paradas, os destinos foram incluídos também pelo critério de segurança para a comunidade LGBTQIA+. “São países que recebem de uma maneira cordial toda a comunidade. Sabemos que durante o período desses eventos o debate aumenta, mas também usamos como base as experiências dos eventos anteriores e constatamos que são lugares seguros onde a comunidade pode se sentir à vontade para participar”, aponta o porta-voz.

A segurança sanitária também é uma preocupação. Devido às medidas restritivas derivadas da pandemia do coronavírus, as paradas do orgulho LGBTQIA+, desde 2020, aderiram ao formato on-line. Com a pandemia ainda em curso, mas controlada, as paradas do orgulho retornam para os formatos presencial ou híbrido em 2022.

Vedovato explica que, atualmente, o status da pandemia de todas as cidades incluídas no Guia “Experiências Kayak - Viaje com Orgulho” está controlado e que os destinos estão abertos com poucas ou mesmo nenhuma restrição a turistas. No entanto, o metabuscador conta com um Mapa de Restrições capaz de apontar para o turista o status sanitário e os pré-requisitos para estar em determinado país. Essas diretrizes são atualizadas diariamente para acompanhar a situação da pandemia em cada região.

Posicionamento

O porta-voz aponta que pessoas LGBTQIA+ que fazem parte do time global do Kayak auxiliaram na realização do guia. Essa experiência ajudou a embasar ainda melhor o guia, já que as indicações ficam ainda mais ricas por esse contexto. “É um produto que foi produzido com diversos times envolvidos na curadoria. Realmente acredito que quem faz parte do grupo LGBT se sente orgulhoso em poder ver os produtos que eles mesmos ajudaram a produzir”, comemora.

Para Vedovato, o guia também se torna um posicionamento do próprio metabuscador sobre a preocupação em levar diversidade no produto, mas de intensificar políticas internas de inclusão. No próprio Guia “Experiências Kayak - Viaje com Orgulho”, a empresa disponibiliza fotos de pessoas LGBTQIA+ funcionárias com depoimentos sobre a relação de cada uma com alguma das seis paradas citadas no material.

“Aproveitamos o momento para nos posicionar. Nos orgulhamos em nos comunicar com todas as comunidades e por participar da questão de diversidade e inclusão dentro e fora do Kayak. A ideia é não só expandir em ativações pontuais, mas ter outros desdobramentos dentro de nossa equipe, comunicação e produtos”, conclui.

Agora você pode acompanhar o iG Queer também no Telegram!  Clique aqui para entrar no grupo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários