Willam e Ra'Jah O'Hara de RuPaul's Drag Race
Reprodução/Instagram
Willam e Ra'Jah O'Hara de RuPaul's Drag Race

Willam e Ra'Jah O'Hara, drag queens que ficaram mundialmente conhecida após participarem do reality "RuPaul's Drag Race", ficaram indignadas ao assistirem uma cena de transfobia que aconteceu na primeira fila do The Lowry Theatre, na Inglaterra, em que apresentavam o espetáculo "Death Drop". As artistas e a produção do musical decidiram interromper a apresentação até que o homem fosse tirado do local. 

A conta do Twitter do "Death Drop" compartilhou no dia seguinte uma mensagem explicando que "houve um incidente de transfobia que aconteceu com um de nossos clientes em Salford" e disse que a empresa não tolerava nenhum tipo de discriminação.

"Em nossa empresa, parte da equipe de criação é formada por pessoas trans, não-binárias, queer e LGBT+, então não toleraremos nenhum tipo de comportamento preconceituoso. Seu dinheiro não é bem-vindo em Tuck Island", falou.

A drag Holly Stars, roteirista e uma das atrizes do espetáculo, também se manifestou sobre o episódio de intolerância e se pronunciou na mesma rede social. "Para o porco irritante transfóbico da primeira fila: vá se f*der enormemente", disse.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários