Laurel Hubbard é a primeira transgênero a competir nas Olimpíadas
Reprodução
Laurel Hubbard é a primeira transgênero a competir nas Olimpíadas


Laurel Hubbard, halterofilista neozelandesa, deve se tornar a primeira atleta trans a competir nos Jogos Olímpicos, depois de ser selecionada para a seleção nacional na segunda-feira (21). 


Ela vai competir na categoria feminina de 87 quilos, de acordo com comunicado divulgado pelo Comitê Olímpico da Nova Zelândia, que também anunciou os outros quatro integrantes da equipe de levantamento de peso. 

Hubbard, que tem 43 anos, se classificou para as Olimpíadas de Tóquio em maio, após uma mudança de regra, garantindo a vaga dela na categoria de superpesadas. Será a primeira vez dela nos jogos, que retorna aos halterofilismo após lesão grave em 2018. 

"Estou grata e humilde pela gentileza e apoio que me foi dado por tantos neozelandeses", disse Hubbard no comunicado. "Quando quebrei meu braço nos Jogos da Commonwealth há três anos, fui informada de que minha carreira esportiva provavelmente havia chegado ao fim. Mas seu apoio, seu incentivo e seu aroha me guiaram através da escuridão", disse ela, usando a palavra indígena maori para "amor".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários