A Consultoria de Sustentabilidade e Diversidade lançou um edital para projetos voltados à comunidade LGBTQIAP+
Instagram/gestaokairos
A Consultoria de Sustentabilidade e Diversidade lançou um edital para projetos voltados à comunidade LGBTQIAP+

Em junho é celebrado o mês do Orgulho LGBTQIAP+ e a Gestão Kairós, especializada em consultoria de sustentabilidade e diversidade, está com o edital Você Muda o Mundo aberto. A iniciativa se direciona a apoiar iniciativas cujo propósito seja melhorar a inclusão e a valorização da diversidade sexual em áreas como trabalho, educação, bem-estar, saúde mental e entre outras.

O projeto selecionado receberá o aporte financeiro de R$ 10 mil e mentoria especializada com Liliane Rocha, fundadora e CEO da Gestão Kairós.

Para a inscrição de projetos/iniciativas, basta acessar o formulário disponível  neste link , baixar o edital e preencher as informações solicitadas. O prazo para inscrição vai até 10 de junho de 2022.


Dificuldades no mercado de trabalho

Profissionais LGBTQIAP+ são uma expressiva parcela da população brasileira que enfrenta barreiras contundentes de sub-representação no quadro funcional e na liderança das grandes empresas.

Segundo o estudo Diversidade, Representatividade e Percepção da Gestão Kairós, profissionais lésbicas, gays e bissexuais são somente 5,4% do quadro funcional e 3,4% da liderança (nível gerente e cargos acima). Já transgêneros (travestis e transexuais) são menos de 1% em ambas as divisões.

Ainda segundo o levantamento da consultoria, 38% do total de pessoas autodeclaradas LGB e 28% das autodeclaradas transgêneros afirmam que não percebem valorização da diversidade sexual nas empresas.

Soma-se a isso o fato de que 33% do total de relatos de casos em que se soube ou se presenciou discriminação ou preconceito nas empresas está relacionado à diversidade sexual (orientação sexual e identidade de gênero), sendo este o maior índice de desfavorabilidade em relação à temática de diversidade nas empresas.

"Queremos contribuir para que organizações sociais tirem do papel ou impulsionem projetos que tenham como propósito transformar a sociedade e o meio em que vivem, aumentando as oportunidades e melhorando o dia a dia das pessoas que dependem delas", diz a CEO da Gestão Kairós, Liliane Rocha.

"Às vezes, as pessoas só precisam de uma oportunidade para mostrar seus talentos, e é isso que pretendemos, lançar luz sobre os potenciais dessas organizações e consequentemente para os públicos que elas atendem, engajando parceiros e o empresariado a emplacarem ações de impacto”, afirma a especialista.


Para o porta-voz da Gestão Kairós para o tema do edital, Luís Eduardo, é "evidente que este grupo que, historicamente vem tendo seus direitos básicos essenciais negados, como o direito a vida, a liberdade e a segurança pessoal - como assegura desde 1948 a Declaração Universal dos Direitos Humanos - precisa de ações concretas para muito além do mês do orgulho".

Para aqueles que vão se inscrever no edital e concorrer à mentoria, o porta-voz traz algumas dicas importantes.

"Primeiramente, eles precisam ter relevância para a temática da Diversidade Sexual, entretanto, projetos que atenderem a interseccionalidade de raça, gênero, pessoas com deficiência, gerações, refugiados, entre outras, terão mais possibilidades de acesso ao recurso", diz.

Luís Eduardo também aponta que o responsável pelo projeto precisa apresentar boas capacidades de administração.

"Também é muito importante que a liderança do projeto tenha capacidade gerencial, técnica e administrativa para desenvolvê-lo. Mas, principalmente, vontade de mudar o mundo e o mundo das pessoas que serão beneficiadas", finaliza.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários