Juliana Paiva foi levada ao hospital após ser gravemente espancada.
Reprodução
Juliana Paiva foi levada ao hospital após ser gravemente espancada.

Juliana Paula, mulher trans de 36 anos, sofreu uma agressão e precisou ser levada ao hospital em Sobradinho, região administrativa do Distrito Federal, neste sábado, 15. Ela foi atendida no Hospital Regional de Sobradinho (HRS) e a Polícia Civil está investigando a ocorrência.

Após a vítima, que tem deficiência auditiva, ser examinada pelos médicos, os profissionais declararam que ela estava com um trauma no rosto. Por essa razão, precisou ser levada para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Em imagens tiradas no hospital, Juliana aparece com vários ferimentos na face, olho roxo e sangue nos lábios. 

O suspeito do ataque é um homem, conforme as informações da Polícia Militar (PM). O agressor, após uma denúncia anônima, foi identificado e preso nesta segunda-feira, 17. No entanto, ele foi liberado da 13ª Delegacia de Polícia porque a prisão não foi em flagrante. O homem confessou o crime, segundo a PM, e para que ele permaneça encarcerado, a Justiça deve efetuar um mandado de prisão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários