Santo André proíbe banheiros
Hafidz Alifuddin/Pexels
Santo André proíbe banheiros "multigênero"

A Câmara Municipal de Santo Amaro, na Grande São Paulo, votou e aprovou um projeto de lei que proíbe os banheiros "multigênero" na cidade. Segundo o G1, a aprovação aconteceu na última quinta-feira (2) com 17 fotos a favor, três contra e um neutro.

De acordo com o texto do PL, a medida foi negada por questões de "higiene" e "segurança de mulheres e crianças" e vai para sanção do prefeito, Paulo Serra (PSDB). O texto foi realizado opr diversos vereadores e o PL foi encabeçado por Carlos Ferreira (PSB).

Edilson Santos (PV) afirmou que "banheiro é privacidade" e que podem acontecer "casos de estupro em banheiros unissex". "Imagina uma criança de 5 anos indo usar o banheiro. Não quero que minha sobrinha, as filhas dos meus amigos, as crianças, possam entrar um banheiro onde tenha um homem lá usando", afirmou.

Eduardo Leite (PT) foi um dos que votaram contra a medida e afirmou não ver problema em banheiros divididos para homens, mulheres e "para quem queira escolher sua identidade". "Quando vamos em alguns shoppings aqui da cidade, vemos banheiros que podem ser acessados por homens, mulheres e crianças. E se tem uma família que quer levar uma criança ao banheiro?", defendeu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários