Dicionário Merriam-Webster anunciou que selecionara o pronome neutro como sua palavra do ano em 2020
iStock
Dicionário Merriam-Webster anunciou que selecionara o pronome neutro como sua palavra do ano em 2020


Uma pesquisa conduzida pela The Trevor Project descobriu que 75% dos jovens LGBTQIAP+ usam exclusivamente ele/dele ou ela/dela, enquanto 25% utiliza os pronomes neutros elu/delu ou ile/dile (em inglês, “they/them”), ou seja, um a cada quatro jovens adota pronomes que não são exclusivamente masculinos ou femininos. 


A pesquisa aponta ainda que quase dois terços dos adolescentes LGBT mesclam os pronomes, como ela/ele, elu/ele, elu/ela, por exemplo. Ao todo foram entrevistados 40 mil jovens entre os 13 e os 24 anos nos Estados Unidos. A pergunta feita foi: “quais pronomes você usa atualmente?”. Ano passado, o cantor Sam Smith assumiu-se como pessoa não-binária, o que impulsionou a discussão sobre o tema no país. 

Muitas pessoas protestam contra o uso e implementação dos pronomes neutros, porém o Oxford English Dictionary rastreia o primeiro uso do pronome elu/delu (“they/them”) até 1375, provando que não é um fenômeno recente. Em dezembro de 2020, o dicionário Merriam-Webster anunciou que selecionara o pronome neutro como sua palavra do ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários