Mário Frias critica governo de Eduardo Leite
Reprodução/iG Minas Gerais
Mário Frias critica governo de Eduardo Leite


A secretaria de Cutura vem se firmando como núcleo duro da ala ideológica do governo Bolsonaro, sob críticas de emperrar políticas do setor e extrapolar atribuições. Neste sábado (7), seu titular, Mário Frias, deu mais uma demonstração nesse sentido. O alvo foi a secretaria de Cultura do Rio Grande do Sul, cujo governador, Eduardo Leite, é pré-candidato do PSDB à presidência em 2022. Em sua conta no Twitter, Frias fez um post criticando a criação de um banheiro feminino que inclui outros gêneros e estaria localizado no prédio da secretaria do estado.


"Eles acham lindo permitir que meninas de 10 anos usem o mesmo banheiro de um marmanjo de 45 anos que diz ser uma mulher", postou Frias, junto com uma foto da placa do banheiro. Nela está escrito "Este banheiro é para todas as mulheres", na descrição: "Trans, travestis, cis, hetero, bi, assexual, negra, branca, com deficiência, imigrante, gorda, magra, alta, baixa, pobre, rica".


O governo do Rio Grande Sul lançou a campanha "Banheiro sem preconceito" no Dia Nacional da Visibilidade Trans, em janeiro de 2020. Além de placas e sinalizações no prédio das secretarias lembrando que cada um pode usar o banheiro "correspondente ao gênero com o qual se identifica", foram criados também banheiros unissex.

Você viu?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários